h1

Gamão que rouba a gamão…

Junho 14, 2008

Exmo. Sr. 1º Ministro,

Venho pela presente comunicar-lhe que vou alterar a minha condição de “funcionário público”, passando à qualidade de “empresa em nome individual” (como os taxistas) ou de uma firma do tipo “Jumentos & Consultores Associados, Lda.”; e em vez de vencimento passo a receber contra factura, emitida no fim de cada mês. Ganha o ministro, ganho eu e o país que se lixe!
Vejamos:
Ganha o ministro das Finanças porque:
– Fica com um funcionário público a menos.
– Poupa no que teria que pagar a uma empresa externa para avaliar o meu desempenho profissional.
– Ganha um trabalhador mais produtivo porque a iniciativa privada é,por definição, mais produtiva que o funcionalismo público.
– Fica com menos um trabalhador, potencial grevista e reivindicador que por muito que trabalhe será sempre considerado um mandrião.
E ganho eu porque:
– Deixo de pagar na totalidade todos os impostos a que um funcionárico público está obrigado, e bem diga-se, pois passo a considerar o salário mínimo para efeitos fiscais e de segurança social.
– Vou comprar fraldas, shampôs, papel higiénico, “fairy”, skip e uma infinidade de outros produtos à Makro que me emite uma factura com a designação genérica de “artigos de limpeza”, pelo que contam como custos para a empresa.
– Deixo de ter subsídio de almoço, mas todas as refeições passam a ser consideradas despesa da firma.
– Já posso arranjar uma residência em Espanha para comprar carro a metade do preço ou compro um BMW em leasing em nome da firma e lanço as facturas do combustível e de manutenção na contabilidade da empresa.
– Promovo a senhora das limpezas lá de casa a auxiliar de limpeza da firma.
– E, se no fim ainda tiver que pagar impostos, não pago, porque três anos depois o Senhor Ministro decide um perdão fiscal; nessa ocasião vou ao banco onde tinha depositada a quantia destinada a impostos,fico com os juros e dou o resto à DGCI.
Mas ainda ganho mais porque:
– Em vez de pagar contribuições para a CNP, faço aplicações financeiras e obtenho benefícios fiscais se é que ainda tenho IRS para pagar.
Como se pode ver, só teria a ganhar e já podia dizer em público o nome da minha profissão sem parecer uma palavra obscena, porque, afinal, em Portugal ter prejuízo é uma bênção de Deus!
Está visto que ser ultra liberal e socialista é o que realmente vale a pena…
A bem da Nação!
Com os melhores cumprimentos.
Um português patriota e feliz

Catarse

6 comentários

  1. Achas que alguém perde tempo a ler textos tão compridos e com as letras todas fodidas umas em cima das outras?
    Ganha juizo, pá!
    Escreve textos simples, curtos, com boa pontuação e em português de Portugal! Aí pode ser que me disponha a ler…


  2. Pôrra Zeka, comprido é mas as letras não estão uma em cima das outras pelo menos aki!


  3. Por aqui li bem, sem problemas.


  4. li e reli tão bem, que estou a pensar sair da função pública.🙂


  5. Olha Zeka deixa de corno e não critiques sem razão…
    Costuma-se dizer: “Quem não gosta não come.”.
    Isso só prova que tens dor de cotovelo, palhaço da merda vai criticar para tua casa..
    Eu li e não existe problema algum.
    Porreiro Sabão, não ligues a comentadores que têm inveja…


  6. PORREIRO PÁ…



Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: